21 de xul. de 2022

REGATA DO CARMEN... MAIS MULHERES!


Abrimos a crónica aplaudindo as cinco mulheres dorneiras que participarom este sábado na regata do Carme de Ribeira: Lara Bermo na Fiúza, Natalia Suárez na Tixosa, Carmen Gude na Praia das Carolinas,  Samanta Romay na Pedro Madruga e Íngrid Valero na Moura. 

 

Nas regatas de primavera do Lajareu tivemos este ano várias novas marinheiras com mui bons resultados e mesmo postos de pódio. Parabéns a todas e aguardamos não só que continuem, senão termos muitas mais nas vindeiras competições.



Desde um par de horas antes da saída foi-se arremuinhando a marinheiria arredor do galpão do Lajareu e a rampla. Faziam os últimos arranjos co olhar curioso da vizinhança de Ribeira e os veraneantes que andavam no passeio das Carolinas.

Desenvolveu-se a prova com mui boas condições de vento, soprando umha brisa moderada de NW (melhor do que davam os partes), e a tarde de verão era agradável e afastada da vaga de calor que zoupava polo interior do pais. 


 



Na linha se saída situada em Coroso, são 13 as dornas que iniciam a regata cara a boia de desmarque.  A primeira em superar a boia é a Ardentia, praticamente à par da Zoa, umhas esloras por detrás co vento de aleta que portaba o bordo, aproximavam-se a Xaimiña, a Abuelo Tucho, e a Teis; e o resto a seguir.

O percorrido acordado polo comité de regatas era a passar o sinal do Lajareu por babor, o Camouco por babor, para depois remontar o vento do São Alberte para deixar de novo a boia de Coroso por babor também.  Assi duas voltas ao triângulo.

 


Na virada por popa do farol vermelho do Lajareu, resolve limpo e claro a Ardentia de primeira, deixando a Zoa umha eslora por popa.

Depois quadra-lhes umha virada de alta tensão rozando o faro, praticamente a abarloar, a Sandra, a Xaimiña (que o fixerom malhado!) e a Abuelo Tucho, as três a um tempo. Resolvem sem incidentes.  

 


 
Na bolina do Camouco cara a boia de Coroso hai escora e vem-se tábuas de par de quilha.  Os e as tripulantas a fazer banda cum vento que fora subindo desde a saída até aos 15 nós, com refachos perto dos 20 nós. Facilitou que não havia mar de fondo. 



A Zoa de Charly e Carlos situa-se em cabeça com afouteza desde a primeira volta,  mantendo o posto até passar categóricos de primeiros pola linha de meta. Segue-os com rumo firme a Ardentia, num fabuloso segundo posto acadado por José Maria à canha, e Juan Fontaiña ao teste no seu primeiro ano de regatista. A Xaimiña co Jaime júnior a governar e o sénior na proa, entra num meritório terceiro posto co seu correspondente troféu.



A Abuelo Tucho, vinda desde Cambados, fixo umha mui boa regata mantendo-se sempre nos primeiros postos, e entrando finalmente de quarta. Damos-lhe a bemvida ao Álvaro e o Santiago e o agradecimento por virem desde a outra extrema da ria.

A Teis e a Papoula disputam com emoção a entrada em quinto e sexto posto, respetivamente, pola diferencia do pichón, medida pola "foto-finish" do juiz, José Maria.

 



As incidências forom leves e sem danos persoais. A Volandeira não finalizou por rotura do pau. A  Áncora, com Samanta e Marcos metia auga como um cesto por levar toda a tempada sem ir ao mar, e depois da saída fixerom equipe com Júlio, indo os três na Pedro Madruga, que fixo o esforço de vir desde a Arousa, cousa que agradecemos muito. A Moura não finalizou na linha de meta, por que coa tarde agradável que fazia, o Suso, a Ingrid e o Baio decidirom continuar outros rumos a desfrutar da ria.

 

CLASSIFICAÇÃO

  1. Zoa
  2. Ardentía
  3. Xaimiña
  4. Abuelo Tucho
  5. Teis
  6. Papoula
  7. Sandra
  8. A Fiuza
  9. Tixosa
  10. Praia das Carolinas
  11. Pedro Madruga
  12. Moura (DNF)
  13. Volandeira (DNF)


Tabela oficial:



Foi umha mui boa regata que se desfrutou antes, durante e depois. Bom ambiente, e pouco a pouco recuperando a atividade de sócios de sempre do clube e novas persoas que se achegam também para iniciar atividade. 

 

 

O serão rematou coa entrega de troféus,  petiscos e convívio no local do Lajareu.

 

De seguido o álbum de fotos e vídeos da regata feitas polo juiz, José Maria, que aparte de atender as normas de regata e dar apoio co seu marinheiro Bruno, fai-nos umhas mui boas fotos e vídeos. Revisai o álbum que está mui bem!!


Album fotos/vídeos Regata do Carme 2022

Lembramos o convite aberto a todo o mundo das dornas para a travessia a Palmeira e convívio dorneiro para o 3 de setembro.
 

14 de xul. de 2022

REGATA DO CARME - LEMBRETE




REGATA DO CARME DO LAJAREU

  • Data: Este sábado dia 16 de julho
  • Hora saída: 16:30
  • Porto: Ribeira. Zona galpão Lajareu (náutico/Coroso)
  • Inscrição: Folha web (premer aqui)

Anúncio de Regata


Parte meteo:

10 de xul. de 2022

ANÚNCIO DE REGATA DE DORNAS - O CARME 2022 LAJAREU

Este sábado 16 de xullo, às 16:30, disputa-se a regata do Carme de dornas a vela do Lajareu. Vai de seguido a folha de inscrição e o anúncio oficial da regata.


INSCRICIÓN

Folha de inscrição (premer aqui) 


ANUNCIO DE REGATA




Podes descarregar o anúncio em pdf aqui: Anuncio de Regata do Carme 2022


Animamos a todas as tripulações e clubes de dornas a se achegarem por Ribeira para participar nesta regata e passar umha boa jornada de mar e de vela tradicional.