27 de xuño de 2021

VOLTA À AROUSA 2021

 

Voltou o grande evento deportivo das dornas a vela, a Volta à Arousa. Alá fomos do Lajareu de Ribeira: a Zoa, a Fiuza e a Moura. 

Botaban-se de menos as regatas e desde a Arousa abrirom a veda. Foi umha alegria saudar de novo às tripulações dos outros clubes, e a xuntanza deu para navegar, e para o reencontro e botar umha parola na praia do Castelo. 

A Zoa, patroneada por Charly e co Carlos ao teste, fixerom umha mui boa regata entrando num honroso quarto posto entre as melhores dornas da ria. O primeiro posto foi para a Nécora, segunda entrou a Pereka, e terceira a Abuelo Tucho.   Parabéns às 25 dornas que participamos, e o agradecimento à gente que organizou o evento!

Os partes não atinarom e finalmente o vento foi de componente Sul, umha brisa moderada e limpa que deu muito jogo na bolina entre a Punta Cabalo e o Galinheiro. Ao virar o faro, encalmada. E na Moura aproveitamos para vogar as duas milhas até a linha de entrada. 

A jornada foi longa, arribando as três dornas a Ribeira já com noite pecha como podedes ver neste álbum. 

 

Album fotos Volta Arousa 2021 - Lajareu
Álbum fotos Volta à Arousa 2021 - Lajareu

(Fotos do Lajareu, e algunha prestada de Alfonso do Acheron, Martina Miser da Voz de Galicia, Iñaki Abella do Faro de Vigo, e algumha mais que não sei quem nos enviou).


CLASSIFICAÇÃO COMPLETA

  1. Nécora
  2. Pereka
  3. Abuelo Tucho
  4. Zoa
  5. Fuxe
  6. Jalerna
  7. Forza R
  8. Noelia
  9. Xarandeira
  10. Toxiña
  11. Zenaida
  12. Rosalía
  13. Lixeiriña
  14. Ortelinda
  15. Laverca
  16. A Fiuza
  17. Triñana
  18. Rosita
  19. Cormorán
  20. Acheron
  21. Moura
  22. Javiota
  23. Mimela

(E duas dornas de tope que acompanharom, e mais galeóns e outras embarcações de apoio).

 



21 de maio de 2021

A DORNA QUER MAR!




Velai as imagens da Zoa onte na ria.  Proa a Rua, e que maneira de bolinar. Como presta, essa auga polo corredor que semelha mesmo salpicar na cara. O patronazo do Charly abrindo a veda!

As dornas do Lajareu têm ânsia de Mar, e as tripulações ainda mais. Vemo-nos na ria!

27 de mar. de 2021

XV ENCONTRO DE GALIZA - MOANHA

 O encontro de embarcações tradicionais da Galiza celebra-se este ano em Moanha, do 5 ao 8 de agosto. 

Onte na assembleia de CulturMar informou-se sobre os trabalhos organizativos que vão agora a todo filispin. Mália os atrancos de terem que se organizar por video-conferencia e demais, os preparativos vão avante cara um encontro desta volta mui especial adaptado à pandemia covid.

Vai haver carpa marinheira, diferentes alternativas de alojamento, fundeio, navegações, espaços culturais e unha nova publicação da Ardentia. Todo isto com mudanças importantes a respeito do formato habitual. Os espaços vão ter que estar perimetados com control de acesso, quendas e horários estritos para muitas atividades, e em definitiva aplicar as medidas covid que conhecemos. 

Ao igual que no encontro da Guarda, está-se a preparar um comboio de embarcações desde o golfo Ártabro para facilitar a travessia rumo Moanha.

Está aberta a inscrição de embarcações no web do XV Encontro de Moanha. E mais que qualquer outro ano, cumpre fazer as inscrições o antes possível. 

Como podedes imaginar, conta-se coa eventualidade de ter que suspender o evento por agravamento da situação sanitária, porém trabalha-se cara o objetivo, e em coordenação coas autoridades, artelhando um encontro diferente onde vai primar a atividade de navegação e os espaços abertos.  Não deixemos de fazer a inscrição por isto, que não custa nada.

Vai o vídeo promocional:




1 de mar. de 2020

CALENDÁRIO DE REGATAS 2020

Aprovado na assembleia geral ordinária do Lajareu, o calendário de regatas e travessias para dorna a vela, organizadas desde o clube de Ribeira para este ano:

Como sabedes, cada prova da regata é aberta para todas as dornas que queiram participar de qualquer clube ou particulares. Haverá entrega de troféus o último dia da regata segundo a classificação por pontos de todas as provas nas que se participara. Rege o regulamento oficial da categoria "dorna" e o regulamento internacional de vela da ISAF.

As saídas (primeira pitada) darão-se às 16:30, devendo passar antes polo galpom do Lajareu para fazerdes a inscrição.

Ficam programadas também a tradicional regata do Carme e a jornada de convívio dorneiro com travessia a Palmeira.

2 de feb. de 2020

O CHARLY A NAVEGAR "A ORIXE"



Estamos bem orgulhosos de ver ao Charly (Manuel Sampedro), um dos nossos mais experimentados patrões, navegando a dorna neste vídeo promocional sobre o caminho de peregrinação a Santiago desde o cabo Corrubedo. Governa com mestria a tradicional embarcação polo médio da ria da Arousa, e entre os seus senlheiros "conles". Temos a sorte de ter o nosso clube situado nesta espetacular ria da Galiza atlântica.

A Áncora é uma dorna de 10 quartas de quilha (5,5 m de eslora) das mais trunfadoras do Lajareu. Nas Rias Baixas existem cerca de vinte clubes que participam em regatas de dorna que decorrem de março a setembro, promovendo a navegação tradicional e a preservação do nosso rico património marítimo.

A agrupação de concelhos "Arousa Norte" está a promover o caminho de peregrinação costeira a Compostela "A Orixe", que evoca a lenda do translado  do corpo do apóstolo Santiago desde Oriente Próximo para a Galiza, o Fisterra de Europa. Feito que baseou um movimento multicultural de pessoas de todo o continente durante os últimos dez séculos, provavelmente tantos como levam as nossas dornas a navegar a costa galega.
Obrigados, Charly, por deixares bem alto ao clube e ao mundo da dorna neste trabalho!