08/04/2014

BO VENTIÑO NA TERCEIRA DE INVERNO

O passado sábado dia 29 de março realizámos a terceira prova da regata de Inverno. Após umha semana de previssons pesimistas que ameaçavam com o mesmo panorama que na segunda prova, finalmente gozámos dum vento magnífico superior aos 10 nós. À saída em Coroso seguia um desmarque entre a entrada do porto e o sinal do Lajareu. Entre as duas opçons possíveis, a de sair cara Rua e nom cara Ribeira resultou a mais favorável por ser o vento mais constante em intensidade e direcçom. A partir deste desmarque já se forom configurando as diferenças entre as embarcaçons. Na longa empopada até a primeira batea de Palmeira formou-se um grupo de cabeça: Sandra, Vikinga, Áncora, Volandeira e Rabuda aumentarom a vantagem com o resto das dornas. Passada a betea vinha umha outra escolha para chegar ao Camouco. As dornas que continuárom cara o suroeste navegavam contra o mar que entrava na ria de este rumbo, as que virárom e pugérom proa à ilha dos ratos tomárom vantagem. Após virar cara o Camouco, Sandra e Vikinga passárom primeiras, muito a barlovento deste sinal. A Áncora apurou ao máximo e assim recuperou o terceiro posto que cedera à Rabuda por tomar rumbo suroeste. A Rabuda asegurou em excesso a virada para passar o Camouco, e a Volandeira sufriu o desprendemento da pletina para o gancho da driça, que a deixou num quinto posto. A última baliça, o passo do Lajareu, nom produziu mudanças no grupo de cabeça. A ordem de chegada e a detalhada abaixo.

Sandra, Vikinga, Áncora, Rabuda, Volandeira, Cachi, Praia das Carolinas, Moura, Xaimiña, Xarda, Beliña.

O vindeiro 12 de abril teremos a última prova da regata de Inverno, com a entrega de trofeos, e presentes para todas as tripulaçons.