10 set, 2012

CRÓNICA DA REGATA DE SANTA UXIA 2012


A manhã de calma podre e borraxeira mesta pom em questiom a viabilidade da regata. Finalmente fai-se possível ao levantar a névoa com um ventinho do Oeste que entrou co cambio da maré.

Linha de saída na praia de Coroso. Engalanam a ria 18 dornas de nove quartas de quilha coas suas velas de relinga sobre un horizonte de brêtema. Hoje toca pormos os paus em candela. Para a saída, umha boia de desmarque e a bolinar na procura do primeiro passo polo vermelho do porto de Ribeira, o Lajareu, que dá ademais nome ao nosso clube.

Nesta curta saída cara ao vento decidiuse o grupo de cabeça para o resto da regata. Foi o primeiro capítulo de estratégia. As dornas que procurarom o vento cara a ria salvarom ligeiras o Lajareu e acadarom postos relevantes que já nom perderiam. As que forom a terra ficarom arrombadas na encalmada, para sairem paseninho e com dificuldade.

Das melhores tripulaçons da ría de Arousa claramente no grupo de cabeça: A Faisca e a Rona do Grove, a Bazarra e a Jalerna da Ilha da Arousa afinando duramente, e a Sandra e a Ardentía do Lajareu em mui boas posiçons.

Co ventinho WSW pola rabeira da banda de meo desfila a flotilha em ringleira já formada cara o sinal do Camouco, passo obrigatório antes de fazer a volta na Ilha dos Ratos. Poucas novidades nestes bordos, primeiro de popa, para fazerem logo um cómodo través de couso. Ainda assi, os patrons concentram-se na procura do ponto ótimo de escota cos tripulantes à tosta afinando com jeito as varas de portar para adiantar algúm posto.


PRIMEIRO PASSO POLOS RATOS

Vira-se a Ilha dos Ratos cos olhos atentos ao passo entre os conles de Riazor, aos que segue de novo outra etapa decisiva para a regata: a bolina cara o Lajareu para completar o primeiro triângulo.

De novo a escolha correta é decisiva. É o caso da Ardentía de Ribeira, que decide procurar o vento afastando da terra e logra passar em cabeça o sinal vermelho do Lajareu. Outras dornas que optarom polo bordo de terra aminoram contra o dique do porto costando-lhes trabalho remontar o sinal e perdendo de novo possiçons.

O vento mantem-se. Nom é muito, mas é limpo, rolando ligeiramente cara W puro e definindo-se cada vez mais en intensidade, o que dá pé à segunda volta.


MOVEMENTOS NOS BORDOS FINAIS

No segundo passo polos Ratos vai a Rona de primeira, perdendo esta possiçom por umha virada antes de tempo que obriga a retificar mais adiante cunha nova virada. Detrás dela vai também a Faisca, seguida da Sandra, a Ardentía e a Jalerna, todas à procura do vento longe de terra.

A Ardentía adianta várias dornas até a primeira possiçom graças a umha bolina mui fina até aproximar a linha de chegada onde perde vento perto de terra, e deixa passo à Sandra, que adiantara também um par de postos e termina por coroar a regata governada por José Antonio Castrelo -O Panadeiro- à canha, e Antonio Santiago -Panarro, à tosta. Parabéns aos palmeirans da Sandra polo primeiro posto!

A Jalerna entra de terceira, fazendo umha mui boa regata e sabendo aproveitar bem esse último e decisivo “bordo por fora”. Prémios também para a Rona e a Faisca que entram finalmente em quarto e quinto postos, respetivamente.

Trás delas, completa-se a tabela com dornas das associaçons Dorna da Ilha da Arousa, da Dorna Meca do Grove, da Fasquía da Ilha da Arousa, da Rabandeira de Vilanova e do Lajareu de Ribeira. 

A todos os clubes de fora de Ribeira agradece-se-lhes a participaçom, e a afoutada decisom para atravessarem a ria à manhã com as pobres perspetivas meteorológicas que havia.



TABELA CLASSIFICATÓRIA - SANTA UGIA 2012

1
Sandra Lajareu por Barlovento Ribeira
2
Ardentía Lajareu por Barlovento Ribeira
3
Jalerna Dorna Ilha da Arousa
4
Rona Amigos Dorna Meca O Grove
5
Faisca Amigos Dorna Meca O Grove
6
Bazarra Dorna Ilha da Arousa
7
Petela Fasquía Ilha da Arousa
8
Cachi Lajareu por Barlovento Ribeira
9
Zoa Lajareu por Barlovento Ribeira
10
Xaimiña Lajareu por Barlovento Ribeira
11
Mariestela Rabandeira Vilanova
12
Treboada Dorna Ilha da Arousa
13
Papoula Lajareu por Barlovento Ribeira
14
Rabuda II Lajareu por Barlovento Ribeira
15
Fiuza Lajareu por Barlovento Ribeira
16
Volandeira Lajareu por Barlovento Ribeira
17
Praia das Carolinas Lajareu por Barlovento Ribeira
18
Moura Lajareu por Barlovento Ribeira

1 comentario:

  1. Que bellas las dornas!
    Felicidades por el blog
    saludos,
    Román

    Estáis invitados a visitar:

    http://navegar-es-preciso.webnode.com/

    ResponderEliminar