27 xul, 2016

TRANSLATIO - RETO NA RIA DE AROUSA

Um novo reto do nosso companheiro Carlos Barcala. O dia 6 de agosto Carlos propom-se nadar os 35 km da travessia marítimo-fluvial desde a entrada da ria de Arousa até Padrón, continuando à carreira os 25 km que restam até Compostela. O Lajareu de Ribeira acompanhará o nosso marinheiro-atleta neste seu reto solidário.


Cartaz da Translatio


Tendes todos os dados disponíveis em www.translat.io . Carlos é ademais o responsável da axendadeportiva.com , o guia web mais completo das atividades deportivas populares da Galiza, incluídas a vela tradicional!

25 xul, 2016

ÁNCORA, VOLANDEIRA E VIKINGA NO PODIUM DA REGATA DO CARME DE RIBEIRA

Foi umha regata intensa e vistosa. Deu-se a saída no náutico de Ribeira para remontarmos um refachento Nordés F4 até a boia de desmarque nas Minhoteiras. As catorze dornas participantes percorrem a praia de Coroso num espetáculo de viradas e bolina para deleite do persoal.



Desde aí, duas milhas de empopada para deixar as Airoas por babor, e de bolina de novo loitando até a primeira batea de Palmeira. No canal, o vento era frouxo F2 e ganharom dianteira aquelas dornas que antes viraram na procura do vento da costa, que era potente ainda que marulheiro e por vezes co mar na contra.

Desde Palmeira, de novo umha empopada de andar-se com olho, até deixar por babor o Camouco e pôr rumo às Ínsuas a um desquartelar. Coincidimos no estreito passo entre estes ilhotes e "o Paredón" do porto cos "Xojos de mar" da festa da dorna, exibindo-lhe a toda a paroquia festeira, e a menos de 50 m de distância, o que é realmente umha dorna, e como navega e se fai umha virada...

E para rematar, de novo a remontar o Nordés que não amainava, seguindo o areal de Coroso desde a bóia de saída no náutico até a linha de meta nas Minhoteiras.

Proclama-se vencedora no primeiro posto, a Áncora de Adelino e Agustín, no segundo a Volandeira de José Gago e Sergio Triñanes, e no terceiro a Vikinga de Fernando Redondo e Nacho Jorganes; que recebem os correspondentes troféus. E para todos os participantes e o juiz, o caneco oficial do Clube com um forte aplauso e o reconhecimento do público. Velaí a classificação:
  1. ÁNCORA
  2. VOLANDEIRA
  3. VIKINGA
  4. LUSIÑA
  5. RABUDA II
  6. TEIS
  7. PAPOULA
  8. CACHI
  9. ZOA
  10. XAIMIÑA
  11. PRAIA DAS CAROLINAS
  12. A FIUZA
  13. INTRÉPIDA (DNF)
  14. PRAIA BANDAURRÍO (DNF)

Caneco oficial do Lajareu












E como sempre o álbum da regata coas fotos feitas por José Maria e a entrega de troféus. Está aberto a quem tenha outras para engadir, que as meta ou nolas passe, que as penduramos nós. Também estão os vídeos da bota abaixo "à mão" da Insuabela aproveitando a força da equipa (gracinhas às reporteiras polo vídeo). 

Álbum de fotos Regata do Carme 2016







22 xul, 2016

REGATA DO CARME. RIBEIRA

Olá a todas as tripulações "dorneiras" das rias. Um ano mais temos convocada para manhã, sábado 23 de xulho, às 16:30, a regata do Carme de Ribeira organizada polo clube Lajareu por Barlovento.

Concentraram-se as dornas que queiran participar na abra de Coroso, como decote, dando-se a primeira pitada às 16:30. Ao final, convívio, entrega de troféus e petiscos no galpão do clube.



Anuncio da regata do Carmen 2016


12 xuñ, 2016

TROFÉUS REGATA DE PRIMAVERA 2016

Vai de seguido a tabela classificatória da regata de primavera 2016


No galpão do clube fixo-se como de costume a entrega de troféus às tripulações melhor classificadas, e houvo também camisolas co emblema do clube para todas as persoas participantes.

Imbatíveis temos a Áncora no primeiro posto (parabéns Adelino e Agustín), seguida da Volandeira e a Moura. Velaí a reportagem fotográfica:

Fotos entrega de troféus regata de primavera 2016


Também se fixo um reconhecimento ao juiz, José Maria, polo seu labor, dedicação e compromisso co clube; numha faena que nem sempre é fácil nem agradecida. 




Além de se ocupar da planeadora, bóias, listas de inscrições e pontuações, levar persoas convidadas abordo, estar no momento adequado em cada passo da regata, levar conta dos tempos, as bandeiras, adatar-se ao calendário e não queixar-se    ...também lhe toca atender as reclamações (que, efectivamente, é parte do seu labor), conhecendo e interpretando o regulamento internacional e mais os específicos da classe dorna, e dando veredictos, assumindo as consequências de que algumha das partes não vai gostar da decisão. 

Ufff, ...muito trabalho e responsabilidade!!! E por riba ainda nos tem dado cursos de formação e mais tem-nos sacado de algum apuro bem gordo em situações de compromisso no mar.

Gracinhas José Maria! (e que seja por muitos anos mais).


Finalmente houvo os tradicionais petiscos, refrescos e convívio entre as tripulações e persoas acompanhantes. O serão, mui agradável, deu tambem para uns contos, anedotas diversas, e para comentar o calendário de regatas de verão que começam de contado e que nos vai levar a outros portos da ria.

Vemo-nos em Cambados para a semana, sábado 18 ás 16:00 no peirão de Santo Tomé, para a "I regata do Salnés" organizada polo clube "A Torre".

5 xuñ, 2016

REGATA DE PRIMAVERA - 4ª PROVA

E rematamos as regatas de primavera do Lajareu nun dia solheiro con ventinho frouxo do SW, força 2 ainda que com sombras e encalmadas onde lhe quadrava.  Mar liso. A saída foi em Coroso cara a bóia de desmarque no náutico e passo deixando a Insua a babor, depois Caamouco e as Airoas por estribor, e linha de chegada em Coroso de novo.

Mui boa saída da Cachi que liderou toda a regata até o bordo de entrada no que se reorganiza o grupo de cabeza e perde a posição. A Âncora em postos mais frouxos do habitual, acaba recuperando e entra por décimas detrás da Fiúza que se proclama vencedora da prova com Severino à cana e Nacho ao teste.  De terceira entra a Volandeira, seguida da Teis, que quenta motores para o primeiro desafio Berete de dornas na ria de Vigo dentro dumha semana.


Damos a benvida à Intrépida que participou por primeira veza nesta regata e que já lhe foi buscando o jeito à vela de relinga.

Desta volta acompanharom o juiz dous marinheiros que prometem: o Bruno experimentado e com muitas horas de navegação; e o Enzo enrolado por primeira vez no Lajareu, e feliz e contento da singradura. José Maria fixo-nos desta volta este estupendo vídeo da regata ao som dos Siniestro Total.




E também temos a colección completa de fotos:

Fotos e vídeo 4ª prova de primavera Clube Lajareu


Noutra entrada do blogue metemos a classificación final da regata e troféus.